sábado, 27 de fevereiro de 2010

Hábitos Bucais Deletérios de Sucção x Má-Oclusão

Os hábitos bucais deletérios de sucção podem interferir no padrão normal de crescimento craniofacial, sendo considerados agentes etiológicos da má-oclusão.
           O que determina se o hábito deletério de sucção trará conseqüências ao individuo é a Tríade de Graber: DURAÇÃO, FREQUÊNCIA E INTENSIDADE.

Nos primeiros seis meses de vida, a amamentação no seio materno constitui uma potente “matriz funcional”, tendo como função estimular o crescimento e desenvolvimento antero-posterior da mandíbula.

MAMADEIRA
            A amamentação via mamadeira sacia a fome, mas não satisfaz o desejo de sucção, então a criança busca o dedo ou a chupeta para complementar.

            Conseqüências da mamadeira inadequada:
            - Não exige muito esforço durante a sucção, por isso recomenda-se que o orifício do bico da mamadeira não seja muito amplo para que assim a criança realize um esforço pra obtenção do leite e satisfação do instinto de sucção. É preferível a utilização do bico ortodôntico.
            - Pressões musculares anormais, boca demasiadamente aberta.

CHUPETA
Conseqüências do hábito de sucção de chupeta:
- Mordida aberta, deglutição atípica, vestíbulo-versão dos incisivos superiores, diastemas generalizados, mordida cruzada posterior  e overjet.

SUCÇÃO DIGITAL
            Conseqüências do hábito de sucção digital:
      -Vestíbulo-versão dos incisivos superiores, linguo-versão ou retroinclinção dos incisivos inferiores, overjet acentuado, mordida aberta anterior, atresia da maxila – mordida cruzada posterior, degliutição atípica com interposição do bordo anterior da língua e/ou lábio inferior.

TRATAMENTO DOS HÁBITOS DELETÉRIOS
           -Até os 4 anos: remoção do hábito – auto-correção;
        -Após 5 anos: remoção do hábito, conscientizar o paciente, conversar com os pais, abordagem multidisciplinar (ortodontia + fonoaudiologia + psicologia).



*Pesquisa realizada em 2009 por:
Paula Lawall
Paula Martins
Rochele Pereira
Suelen Rodrigues
*Estudantes de Odontologia da PUCRS