segunda-feira, 1 de março de 2010

Odonto Entrevista - GOVERNADOR JAIR SOARES

Jair Soares é um dos Cirurgiões Dentistas que foram governadores do estado do Rio Grande do Sul, o outro foi Germano Rigotto.


Quem o influenciou a fazer Odontologia?
Influência não houve. Era na verdade uma questão de vocação.
                                
Como foi seu inicio de profissão?
Início de profissão sempre é difícil. Trabalhei na Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul no gabinete odontológico, no qual, concomitantemente exerci o cargo de Chefe de Departamento de Saúde.
                                
Lembra de algo diferente desta época?
Era contratado também pela Associação dos Funcionários Públicos do Estado e atendia só na minha especialidade, odontopediatria. Nos hospitais Ernesto Dornelles e Beneficiência Portuguesa fazia atendimento com anestesia geral, de crianças emocionalmente instáveis.
                                
E um bom momento na profissão?
Um dos melhores momentos foi quando, em 1971/79, exerci o cargo de Secretário de Estado da Saúde e Meio Ambiente. Em convênio com o CRO/RS, ABO/RS e o nosso Sindicato, fizemos um trabalho extraordinário de combate permanente ao exercício ilegal da Odontologia (charlatanismo). Chamamos a atenção dos nossos colegas brasileiros, e por isso visitamos vários Estados participando de simpósios, congressos e fazendo conferências.
                                
Quem fez mais pela Odontologia?
Tenho dificuldade em citar nomes, pois foram tantos que me ajudaram e que por essa razão ficaram mais que colegas de profissão, mas sim amigos verdadeiros. Tenho medo de esquecer alguém e cometer uma injustiça.
                                 
Qual a revista que mais gosta?
Recebo regularmente as revistas da ABO/RS e ABO Nacional, bem como a do CRO/RS.
                                
Cite algo que mudou sua vida?
Em decorrência de ter assumido a Secretaria da Saúde, fui obrigado, para bem cumprir aquela missão, parar com o exercício profissional, que fiz durante onze anos continuadamente.
                                 
Comente algo que o marcou?                                
Não é demais lembrar que na Secretaria de Saúde nós criamos uma lei que obriga, em todo o Estado, a adição do flúor silicato de sódio nas hidráulicas, fazendo com esta medida um trabalho pioneiro no Brasil, que sem sombra de dúvida, reduz em 63% a cárie dentária. Isto, ao lado do progresso faz com que nossas crianças tenham os dentes protegidos, um belo sorriso e uma saúde melhor porque ela começa pela boca.

Como vê o presente momento da profissão?
A Odontologia sob o ponto de vista de modernização e atualização técnica aprimorou-se muito e vive pelas descobertas, avanços científicos em momento excepcional.
                                
Poderia deixar uma mensagem aos mais novos?
Nós Cirurgiões Dentistas, de ontem e de hoje, devemos cada vez mais, valorizar a nossa profissão, mantendo-nos atualizados.