segunda-feira, 15 de março de 2010

Cárie de Mamadeira


A cárie de mamadeira, doença que afeta bebês, é um problema que assola crianças do mundo inteiro. Pouca gente sabe, mas o leite materno pode provocar a cárie de mamadeira, caso não haja uma higienização adequada, realizada posteriormente a mamada. Está relacionada à ingestão de líquidos açucarados durante a noite. Ou seja, aquela história de que não devemos dormir sem escovar os dentes também vale para os pequeninos. Depois da mamada, o leite fica estagnado na boca da criança. Além disso, a salivação da criança diminui durante o sono. Esses fatores, associados a uma má higiene da boca, fazem com que a cárie se desenvolva muito rapidamente, causando grandes estragos nos dentes das crianças.

Para prevenir a cárie de mamadeira é necessário que a mãe e a criança tenham uma orientação e entendam o que é a doença cárie e como combate-la. Dados mostram que aos 3 anos de idade, 60% das crianças já tiveram cárie, portanto a prevenção deve começar antes. Deve-se iniciar com orientações às gestantes, e acompanhar a criança desde o nascimento do primeiro dente.

A cárie é uma doença infecciosa, transmissível e multifatorial, ou seja, depende de vários fatores para o seu desenvolvimento, o principal é o hábito, ou melhor a higiene bucal e a dieta. Os primeiros sinais da cárie são manchas brancas e opacas que, caso o processo não seja interrompido, evoluem para uma cavitação - perda de estrutura do dente. A cárie de mamadeira pode afetar todos os dentes, mas acomete inicialmente os incisivos superiores (dentes da arcada superior localizados na região anterior). Mais tarde poderá atingir os molares ("dentes do fundo"), progredindo segundo a seqüência de erupção dos dentes.

Para evitar isso, é importante que a mãe não adicione açúcar ao leite da mamadeira e evite que a criança durma logo depois de mamar. Deve-se ainda escovar o dente da criança depois de cada mamadeira, e antes de dormir a escovação deve ser reforçada com um pouco de pasta de dente, já que o período da noite é o mais crítico para o surgimento de cáries. Com o tempo, a mamadeira deve ser substituída gradativamente por líquidos no copo. Para as crianças pequenas que ainda não sabem escovar os dentes, os especialistas recomendam a aplicação, uma vez ao dia, de quatro gotas de flúor em cada ponta de um cotonete para fazer massagem, limpar os dentes e a gengiva do bebê, ou ainda, uma limpeza mais fácil e prática com uma gaze e água, massageando a gengiva do bebê.

Em caso de qualquer dúvida procure um dentista - ele é um profissional habilitado e terá prazer em contribuir para que seu filho cresça e se desenvolva de forma saudável.

Dentição decídua saudável

Cárie em estágio inicial devido ao uso de mamadeira em criança de 2 anos.

Cárie atingiu todas as faces dos dentes.